Enel/Celg realiza evento de entrega de 160 geladeiras com baixo consumo de energia no Jardim Brasília II


Neste domingo (03), o campinho de terra batida no Jardim Brasília II sediou o evento de troca de 160 geladeiras provenientes do programa de sustentabilidade da empresa concessionária de energia elétrica do Estado de Goiás Enel/Celg. A troca das geladeiras se deu após prévia seleção pela equipe da empresa que promoveu as inscrições dos beneficiários nos dias 22 e 23 de novembro. A cada inscrição, o cidadão recebeu uma lâmpada de LED de baixo consumo.

Após o cadastro, os clientes participaram de um sorteio para garantir a troca do equipamento. Além disso, os moradores poderão participar das sessões de cinema e teatro gratuitas, além do sorteio de brindes. O evento contou com a presença do prefeito Hildo do Candango e da primeira-dama e secretária de Assistência Social, Aleandra Sousa.

O prefeito Hildo destacou a importância deste tipo de ação da empresa, que está mudando a forma de se relacionar com seus clientes. “A privatização da Celg trouxe ganhos imensuráveis para o Estado de Goiás, como a maior eficiência no serviço prestado. Estas ações sociais que visam o consumo de energia consciente por parte da população de baixa renda são formas de promover a conquista da cidadania plena. Parabenizo toda a equipe da Enel/Celg na pessoa do presidente Abel Rochinha, e tenho certeza que outras parcerias virão para o município com o intuito de promover o desenvolvimento de nossa cidade e de toda a região”, disse o prefeito.

A primeira-dama, Aleandra Sousa, também viu a ação da empresa como positiva para a população. ”As portas de entrada do serviço assistencial de nosso município, como as unidades do CRAS, recebem diariamente casos em que as famílias estão com o fornecimento de energia suspenso pelo alto valor das faturas. Estas geladeiras de baixo consumo vão auxiliar no controle destes gastos, somados aos nossos esforços de elevação da autoestima de nossos usuários por meio dos programas desenvolvidos pela Prefeitura. Também com a Enel, em breve será instituído um programa voltado aos jovens, com capacitações e inserção no mercado de trabalho”, afirma Aleandra.

Uma geladeira nova pode consumir até 70% menos que uma geladeira velha. Em watts, esse valor representa, para uma geladeira velha, o consumo médio de 90kw/hora/mês, enquanto uma nova consome somente cerca de 24kw/hora/mês. As geladeiras do programa têm selo de consumo tipo “A”. A sigla significa eficiência no consumo de energia elétrica.

De acordo com um estudo feito pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), a geladeira é responsável por quase um terço de toda a eletricidade consumida em uma residência. Quando velhas e em mau estado, além de consumirem mais que o normal, emitem gases que destroem a camada de ozônio, agravando, desta forma, o aquecimento global.

Sustentabilidade 

A Enel – nova controladora da Celg – trouxe para Goiás uma série de projetos sociais que já são desenvolvidos regularmente nas outras duas distribuidoras do grupo no Brasil, localizadas no Rio de Janeiro e no Ceará. A ideia é que tenham início em Goiânia e região metropolitana – em regiões de maior vulnerabilidade social. Dentro deste último contexto, a cidade de Águas Lindas de Goiás foi escolhida para receber estes programas. Em uma reunião entre os representantes da empresa e a primeira-dama Aleandra Sousa foi estabelecida a parceria dentro da plataforma de sustentabilidade da Enel no Brasil, que busca promover o consumo consciente e o acesso à energia a todas as pessoas, além de impulsionar o desenvolvimento socioeconômico local.

Dentre os objetivos do Programa de Sustentabilidade está a promoção de sua integração ao negócio do grupo, de acordo com a metodologia de Criação de Valor Compartilhado (CSV), que integra as demandas sociais e comerciais das comunidades, além de difundir o compromisso da Enel com a sustentabilidade para a sociedade.